quinta-feira, 25 de agosto de 2016

Estrela da Manha ou Vénus para os amigos




Mais um mimo inspirado pela DROPS design, o modelo 167-4 Morning Star.

Quando vi o fio, penso que foi correspondência imediata a este modelo, penso que principalmente pela cor. A espessura é que não bem a mesma, como se pode apreciar pela escala da "estrela" na camisola. Mas o resultado final parece-me muito bem!

Além das alterações habituais para adaptar o modelo ao fio, também fiz as seguintes alterações:

  1. para as costuras laterais, usei o método das 3 agulhas - mais elástico e praticamente invisível;
  2. mangas topdown, arrancando das malhas dos painéis centrais e com agulhas DP de modo a eliminar as costuras.


para mais tarde recordar...

tamanho XL

material
630 gr. fio meadas mercado tipo Astro/Brancal grosso
agulhas DP 5 mm (pequenas e grandes)
agulhas DP 4 mm (pequenas e grandes)
agulhas circulares 5 mm (grandes e muito grandes)

receita
Notas: As costas e a frente tricotam-se em 2 partes a partir do meio num quadrado. Tricotam-se primeiro em redondo, depois, em idas e voltas. Montar e tricotar primeiro em redondo nas agulhas de dupla ponta, depois passa-se para as agulhas circular quando necessário. Terminar com as mangas a apanhar as malhas da lateral do corpo e seguir até aos punhos.

costas
Montar 8 malhas e distribuí-las por 4 agulhas de dupla ponta (= 2 malhas em cada agulha). Tricotar A.1 (= 8 vezes A.1 em largura). Quando as 21 primeiras carreiras de A.1 tiverem sido tricotadas, desviar o princípio da carreira 1 malha para a esquerda, primeiro, a cada 2 carreiras, depois, a cada 4 carreiras – ou seja, o princípio da carreira é sempre antes da 1.ª laçada no diagrama para que seja menos visível. O princípio das carreiras no fim do diagrama será a meio do 1.º motivo A.1.
Quando A.1 tiver sido tricotado 1 vez em altura, temos 176 malhas.
Tricotar a 1.ª carreira de A.2 em todas as malhas – ter atenção para que as laçadas estejam directamente por cima das de A.1 e, na carreira seguinte, tricotar as laçadas torcidas em liga (= na alça de trás e não na alça da frente) no 1.º, 3.º, 5.º e 7.º motivos (para evitar buracos), mas tricotá-las em liga nos outros motivos (para criar ajours) = 192 malhas.
Continuar, então, seguindo A.3 por cima do 2.º, 4.º, 6.º e 8.º motivo de A.2, e tricotar em mousse por cima dos 4 outros motivos. Assim, aumenta-se 8 malhas a cada 2 carreiras como indicado em A.3.
Segue-se até ficarem 96 × 4 arestas = 384 malhas. Ficam as malhas de prumo de cima para as laterais e as baixo para a base. Assim temos: laterais com 96 malhas cada, base 97 malhas e topo com 95 malhas.
Faz-se o decote e os ombros.
escala de mates decote: 15/16, 2, 1
escala de mates ombro: (7)×3, 8
Colocar as malhas das laterais em espera num fio auxiliar.
Seguir com as malhas da base mais 16 nós a direito em mousse.

frente
Montar e tricotar como se fez para as costas até ficar com 80 × 4 arestas = 320 malhas.
Seguir em idas e voltas fazendo o decote até altura do ombro. Fazer o ombro.
escala de mates decote (8 nós antes do ombro): 5, 4, 3, 2, (1)×4
escala de mates ombro: (7)×3, 8
Colocar as malhas das laterais em espera num fio auxiliar.
Seguir com as malhas da base mais 16 nós a direito em mousse.

mangas
Fechar as costuras laterais com o método das 3 agulhas (faz-se uma malha da frente juntamente com uma das costas, em liga, pelo avesso; faz-se mais um par e passa-se pelo meio da anterior), até ficarem 39 malhas em cada uma das partes (38 + a malha da aresta). Seguir em meia fazendo as malhas de aresta juntas (menos 1 malha). Ficam 38 (frente) + 1 (aresta) + 38 (costas) + 1 (que ficou da costura) = 78 malhas.
Seguir em meia 6 nós a direito e depois com mates (1 malha central com 1 mate de cada lado) com 3 nós de intervalo até 54 malhas - (2)×12 mates - 50 nós.
Trocar para agulhas 4 mm e seguir 14 nós em mousse.

colarinho
Montar as malhas à volta do decote com as agulhas 4 mm. Tricotar 3 nós em mousse. Rematar com My Favourite Stretchy Bind Off (rematar em meio no loop de trás).

acabamento
Fazer a costura dos ombros.

Podem encontrar as explicações originais aqui.

segunda-feira, 15 de agosto de 2016

High Low Tunic com mangas
















Para este trabalho, trouxeram-me o fio e disseram-me que queriam uma peça diferente.
Depois de procurar modelos fora do vulgar e que resultassem com o fio matizado e os propor, ela optou pela High Low Tunic da Julie Turjoman (publicado na Vogue Knitting, Early Spring 2016). Com as seguintes alterações:
- mangas e decote menos fundo - peça para usar no tempo frio;
- um degrau mais acentuado entre frente e costas - preferência de peças mais curtas à frente;
- não fazer o ponto na base - o fio já era o bastante trabalhado, a peça não precisava de mais ruído.
Diga-se que a foto não espelha o que o aspecto real do trabalho. Na minha opinião, este tipo de fio não fotografa muito bem. Acreditem que ficou mais giro do que o que parece! :P


para mais tarde recordar...

material
agulhas 3, 3.5 e 4 mm
300 gr. fio San Remo Sock Yarn *

receita
tamanho: S/M

mangas
Com agulhas 3.5 mm, montar 50 malhas. Seguir a direito 6 nós em mousse.
Trocar para agulhas 4 mm e seguir em meia, com aumentos com 2 nós de intervalo até 82 malhas. Seguir a direito mais 10 nós até ao inicio da cava - 56 nós.
escala de mates da cava: 3, 2, (1, 0, 2)×7,  1, 2, 3, [18 malhas finais]

base do corpo (feito na transversal)
Com agulhas 3 mm, montar 100 malhas. Seguir a direito 5 nós em mousse.
Trocar para agulhas 4 mm e seguir em meia, com uma das orlas em mousse, 5 malhas.
Seguir 45  nós a direito. Nos 5 nós seguintes fazer 5+30 malhas de orla em mousse. Coloca marcador na orla de meia.
Remata 30 malhas de orla e depois seguir meia 80 nós, com a orla de 5 malhas em mousse. Coloca marcador na orla de meia.
Aumenta 30 malhas de orla e nos 5 nós seguintes fazer 5+30 malhas de orla em mousse.
Seguir 45 nós a direito em meia, com a orla de 5 malhas em mousse.
Trocar para agulhas 3 mm, seguir a direito 5 nós em mousse, incluindo remate.

topo do corpo costas (feito de baixo para cima, montado na orla de meia da base do corpo)
Com agulhas 3 mm, montar 131 malhas, ou seja, 3 carreiras sim, salta a 4ª, com trespasse de 20 nós meia mais + barras de mousse, nas carreiras entre marcadores correspondentes às costas.
Trocar para agulhas 4 mm e seguir mais 8 nós em meia até cava.
escala de mates da cava: 5, 3, 2, (1)×6, (0)×23
escala de mates do decote: 13/14, 3, 2, 1
escala de mates do ombro: (5)×5

topo do corpo frente (feito de baixo para cima, montado na orla de meia da base do corpo)
Com agulhas 3 mm, montar 131 malhas nas carreiras entre marcadores correspondentes à frente.
Trocar para agulhas 4 mm e seguir mais 8 nós em meia até cava.
escala de mates da cava: 5, 3, 2, (1)×6, (0)×23
escala de mates do decote (a 10 nós do inicio do ombro): 5/6, 4, 3, 2, (1)×5, 0
escala de mates do ombro: (5)×5


decote
Com agulhas 3.5 mm, montar as malhas à volta do decote e seguir 3 nós em mousse (incluindo o remate**.

Podem encontrar as explicações originais aqui.

*San Remo Sock Yarn: 48% algodão. 39% lã virgem (superwash), 13% poliamida; 50 gr = 200 m; agulha recomendada 2-3 mm
** remate usado - My Favorite Stretchy Bind Off

sexta-feira, 22 de julho de 2016

Woodstock


Continuando na onda dos mimos, segue mais um.
Desta vez fiz o modelo Woodstock da Drops para uma amiga que fez 10 anos desde que foi mãe pela primeira vez! :D

para mais tarde recordar...

material
agulhas circulares 3.25 e 3.75 mm
180 gr. meadas mercado (×1)

receita
Mais uma vez aproveitei o texto das explicações da Drops, só alterei alguns termos para a linguagem que costumo usar e indiquei as malhas e carreiras que eu usei. Mas a voz usada não deixa de ser ligeiramente diferente...

Nota: top down

costas
Tricotar o ombro direito da seguinte maneira:
Com agulhas 3.75 mm, montar 20 malhas. Tricotar da seguinte maneira (1.ª carreira = pelo direito): 3 malhas em mousse (= lado do decote), 14 malhas em meia, 3 malhas em mousse (= no lado da cava). Seguir 3 nós a direito. Iniciar os aumentos para o decote na carreira seguinte, aumentar 1 malha antes das 3 malhas em mousse (laçada pelo avesso, meia no loop de trás pelo direito) no lado do decote = ficam 21 malhas. Tricotar 1 carreira pelo avesso e colocar em espera.
Tricotar o ombro esquerdo da seguinte maneira:
Com agulhas 3.75 mm, montar e tricotar como o ombro direito, mas em sentido contrário.
Virar e tricotar como antes em todas as malhas. No fim da carreira, montar 39 novas malhas para o decote e tricotar as 21 malhas do ombro direito = ficam 81 malhas.
Tricotar em mousse as novas malhas montadas para o decote. Quando 2 barras mousse tiverem sido tricotadas nestas malhas, tricotar 1 nó em meia com 3 malhas em mousse de cada lado da peça.
ponto fantasia
Tricotar, então, o ponto fantasia da seguinte maneira na carreira seguinte pelo direito (nota: começar na 13.ª carreira do diagrama): 3 malhas em mousse, 4 repetições do ponto de fantasia em largura (repetem 16 malhas centrais), 3 malhas em mousse. Repetir ponto de fantasia em altura até ao fim.
A 10 cm desde o inicio (20 nós), aumentar para as cavas 1 malha antes das 3 malhas em mousse do rebordo de cada lado da peça. Repetir estes aumentos mais 11 vezes em todas os nós = 105 malhas. Tricotar 1 carreira pelo avesso depois do último aumento e colocar as malhas em espera.

frente
Tricotar o ombro direito da seguinte maneira:
Com agulhas 3.75 mm, montar 20 malhas. Tricotar da seguinte maneira (1.ª carreira = pelo direito): 3 malhas em mousse (= lado da cava), 14 malhas em meia, 3 malhas em mousse (= no lado da decote).
Seguir a direito 10 nós, aumentar para o decote 1 malha antes das 3 malhas em mousse do rebordo no lado do decote. Repetir estes aumentos mais 6 vezes todos os nós = 7 aumentos para o decote.
Quando todos os aumentos estiverem feitos, tricotar 1 carreira pelo avesso. Colocar em espera.
Tricotar o ombro esquerdo da seguinte maneira:
Com agulhas 3.75 mm, montar e tricotar como o ombro direito, mas em sentido contrário.
Virar e tricotar como antes em todas as malhas. No fim da carreira, montar para o decote 27 malhas, depois tricotar as malhas do ombro direito. Continuar desta maneira até completar 2 barras mosse nas novas malhas do decote.
apontamento de ponto fantasia na frente
Na carreira seguinte, pelo direito, tricotar o apontamento de ponto fantasia na frente nas 27 malhas centrais.
Ao 21º nó, começar a aumentar para as cavas. Quando todos os aumentos para as cavas estiverem feitos, temos 105 malhas. Depois do último aumento, tricotar 1 carreira pelo avesso.
Virar e tricotar todas as malhas da frente, montar 2 malhas (= cava) e colocar um marcador a meio destas novas malhas, tricotar as 105 malhas das costas e montar 2 malhas (= 2.ª cava), colocar um marcador a meio destas novas malhas = 214 malhas. O princípio da carreira fica depois das 2 últimas novas malhas montadas.

corpo
Tricotar então em redondo na agulha circular. Passar a medir a partir daqui.
Continuar, então, da seguinte maneira: 3 malhas em mousse, continuar em meia e com o apontamento em ponto fantasia (1× em altura) como antes nas 99 malhas seguintes, 8 malhas em mousse, meia nas 12 malhas seguintes, ponto de fantasia nas 75 malhas seguintes, 12 malhas em meia, 5 malhas em mousse. Quando 2 barras em mousse tiverem sido tricotadas nas novas malhas das cavas, tricotar estas malhas em meia até ao fim.
Depois 4 cm (5 nós de meia), aumentar 2 malhas de cada lado da peça: tricotar até restar 1 malha antes do marcador da lateral, 1 laçada, 2 malhas meia (o marcador está entre estas 2 malhas), 1 laçada. Repetir no outro lado. Na carreira seguinte, tricotar as laçadas em meia, para criar ajours. Repetir estes aumentos a cada 4 nós mais 16 vezes - 282 malhas/73 nós/20ª carreira do ponto fantasia.
Trocar para agulhas 3.25 mm, fazer 1 carreira em meia e depois 4 nós em mousse. Rematar.

acabamento
Fazer a costura dos ombros tendo o cuidado para não a fazer demasiado apertada.

Podem encontrar o link para o modelo original em PT aqui.

quarta-feira, 6 de julho de 2016

Rosinhas de PT em kimono militar

Ando numa altura que me apetecer dar mimos ao povo.

 #045-T10-328 by Phildar 
Já há uns meses que, nuns catálogos que mandei vir da Phildar, vinha este modelo e uma amiga comentou que gostava. No entretanto, ela encomendou-me 2 peças, mas fiquei sempre com este modelo em mente para lhe fazer. O .pdf com as explicações pode ser obtido gratuitamente na Phildar (link directo para download aqui).
Avancei com o trabalho até bastante rápido, mas os 4 novelos iniciais que encomendei para testar um fio novo, só deram para as partes principais, i.e., costas e frentes. Depois foi o compasso de espera entre encomendar e receber o novelo. Já para não falar que tinha outros trabalhos em curso a que fui dando prioridade.
Como o fio que usei é 100% algodão. fiz alterações para a peça ser mais complemento de meia-estação.

Ofereci a peça e fiquei muito contente com a reacção! Ela não estava à espera e gostou muito, o que é o mais importante! :D
E o que é ainda mais raro, a minha mãe também gostou muito e já está pensar em oferecer uma versão (ou seja, que eu a faça para ela oferecer :P)!

para mais tarde recordar...

material
agulhas 5.5 e 6.5 mm
465 gr./ 5 novelos Caricia/Rustic, cor 2171 Buganvilla
6 botões Ø 25 mm

receita

costas
Com agulhas 5.5 mm, montar 110 malhas e seguir 7 carreiras em canelado 2/2, com as 2 malhas de orla em meia pelo direito.
Trocar para agulhas 6.5 mm e seguir a direito com "rosinhas de Portugal" 41 nós até ombro.
escala de mates ombro: (4)×2, 8, 10
escala de mates decote: 28, 1

frente
Com agulhas 5.5 mm, montar 55 malhas e seguir 7 carreiras em canelado 2/2, com 3 malhas em meia pelo direito do lado oposto ao da costura .
Trocar para agulhas 6.5 mm e eliminar 1 malha (do lado de 3 em meia) e seguir a direito com "rosinhas de Portugal" 23 nós até início do decote.
escala de mates ombro: (4)×2, 8, 10
escala de mates decote: 12, (0)× 9, (4)×4, (0)×4

colarinho
Com agulhas 5.5 mm, montar 96 malhas (saltar malhas a fazer a montagem, para diminuir o perímetro) e seguir 4 nós em canelado 2/2, incluindo remate. 

palas
Com agulhas 5.5 mm, montar 27 malhas na vertical (todas as carreiras, 1 malha) e seguir em canelado (de modo a que do lado do decote fiquem 3 malhas em meia pelo direito), indo apanhando uma malha na plataforma onde assenta lateralmente a pala, a cada nó, saltando cada 3ª malha - 8 nós até à margem. Aumentar uma malha do lado oposto ao decote (ficam 3 malhas meia pelo direito também nesta margem) e seguir mais 8 nós a direito, incluindo remate. Não esquecer de fazer as casas na pala direita, a completar o terceiro nó e a 3 nós do final: a contar do lado oposto do decote, 3 meia, mate, laçada, 7 meia, mate, laçada, 7 meia, mate, laçada, 4 meia.

cavas
Com agulhas 5.5 mm, montar 68 malhas (todas as carreiras, 1 malha) e seguir 4 nós em canelado 2/2, incluindo remate.

acabamento
Coser ombros com alguma firmeza, mas as laterais com muita folga, de modo ter em conta o que a peça vai crescer com o peso do algodão. Aplicar os botões

Podem encontrar as explicações originais aqui: pág.1, pág.2, pág.3

quinta-feira, 30 de junho de 2016

Top Pin-up



















Povo, lembram-se deste?
Pois é, passaram-se 2 meses e a Phildar não me disse nada de volta, nem sequer vi informação sobre quem venceu o concurso...
Assim sendo e sem mais demora, passo a partilhar a receita.
Diga-se que, como de costume, esta é a descrição de como fiz a camisola para mim (tamanho M a caminhar a passos largos para o L, peito 96 cm), logo, alterações ao tamanho ou à espessura do fio implicam ajustes nas contagens.

para mais tarde recordar...

material
190 gr. fio meadas mercado tipo Brancal/Astro (×1), amostra 10×10 cm: 25 malhas×40 carreiras
agulhas circulares 2.5 e 3.5 mm
agulha de crochet 3mm ponta fina

receita
corpo
Com agulhas 2.5 mm, montar 230 malhas, unir tendo o cuidado de não torcer o trabalho. Colocar marcador no início de carreira.
Fazer bainha com biquinhos do seguinte modo:
- Seguir 5 nós em meia,
- Fazer uma carreira com mate, laçada do início ao fim.
- Seguir 4.5 nós em meia
- Unir ao início, apanhando uma malha da carreira actual e um arco da carreira de enfiamento e fazendo a malha em meia.
Trocar para agulhas 3.5 e fazer mais uma carreira em meia e colocar mais 2 marcadores para sinalizar as laterais, considerando a malha antes do marcador do inicio de carreira a malha central da frente.
Iniciar o rendado centrado nas costas, sempre com o V em crescendo, o restante em meia.
Seguir 10 nós a direito. Iniciar os mates laterais 2/lado e repetir mais 2 vezes, deixando 8 nós de intervalo - 218 malhas.
Seguir 10 nós a direito. Iniciar os aumentos laterais 2/lado e repetir mais 2 vezes, deixando 8 nós de intervalo - 230 malhas.
Seguir 18 nós a direito até cava.
Separar as malhas para a frente e para as costas: dividir pelo prumo do ponto rendado e não pelo real meio do trabalho. Neste caso as costas ficaram com menos 2 malhas de cada lado em relação ao meio, ou seja, menos 4 malhas de cada lado que a frente: costas = 111 e frente =119 malhas.

costas
Seguir com 4 (+3 aumentos) malhas em canelado falso*** nas 2 margens. Fazer 1 mate de cada lado por nó, pelo direito, entre o canelado e o rendado, até ficarem 81 (+7+7 de canelado falso) malhas. Seguir a direito até completar 7 (1/2 + 6 + 1/2) repetições do rendado - 42 nós.
escala de mates do ombro: (4)×4*
escala de mates do decote: 25/26, 2, 1

frente
Seguir com 4 (+3 aumentos) malhas em canelado falso nas 2 margens. Fazer 1 mate de cada lado por nó, pelo direito, entre o rendado e o restante em meia, aproveitando o rendado para eliminar as malhas, até ficarem 81 (+7+7 de canelado falso) malhas e estarem completas 2.5 repetições do rendado.
Eliminar as 41 malhas centrais bem apertado.
Seguir com cada uma das metades, aumentando uma malha, 5 nós sim e ao 6º não, até completar 6 repetições do rendado e ficarem 37 malhas (+7 do canelado falso).
escala de mates do ombro: (4)×4*
escala de mates do decote (a iniciar 6 nós antes do ombro): 9, 5, 4, 3, 2, (1)×2 **

acabamento
Com agulha de crochet, fazer uma carreira de ponto baixo a toda a volta do decote e aproveitar para unir os dois topo da frente.


Notas:
*   Ao matar as malhas do canelado falso, eliminar cada par como se fosse só uma malha.
** O segundo mate de 1 já é a par com os mates do ombro.
*** ponto canelado falso, ver Glossario de tricot, link directo aqui

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...