segunda-feira, 19 de junho de 2017

Raio de Sol

Com todos os contras que têm as redes sociais, também têm coisas muito boas. Uma delas é conseguirmos reatar contacto com pessoas com que nos cruzámos em dada altura da nossa vida, mas que o dia-a-dia criou uma distância.
Uma dessas pessoas foi mãe de uma menina no ano passado e quis fazer um mimo.
Escolhi um modelo da Phildar, o Robe Top Down do catálogo N°108 e um fio amarelo,  porque o conjunto me lembra o desenho de um sol e esta minha colega é uma pessoa cheia de boas energias que me lembra sol e mar.

O trabalho em si podia ter corrido melhor, ao ponto de ter estado parado um mês à espera de vontade.
Fui obrigada a alterar o modelo original, mas antes de chegar às alterações feitas em relação às indicações, foi preciso fazer o teste e ver que não estava uma peça equilibrada... demasiada roda no encaixe e mangas muito largas em comparação com a roda do corpo.
E com "fazer o teste" quero dizer que fiz e desmanchei quando comecei a olhar de lado para o trabalho. 😵 Decidi aproveitar o trabalho até às cavas e fazer o upgrade para o tamanho 2 anos.

para mais tarde recordar...

material
agulhas circulares 2.75 e 3.25 mm
agulha crochet 2.5 mm
140 gr. fio meadas mercado (×2)
3 botões

receita
Segui indicações para tamanho 1 ano no início, que resultaram em dimensões 2 anos:
Com agulhas 2.75 mm, montar 113 malhas. Seguir 3 nós em mousse (1 cm).
Trocar para agulhas 3.25 mm e seguir o gráfico ao longo de 51 carreiras = 223 malhas.

Seguir com o gráfico tendo em conta as seguintes alterações às explicações originais:
Separar as malhas: 1 orla + 31 (1/2 costas), 49 malhas num fio auxiliar (1ª manga), montar 6 malhas, 61 malhas (frente), 49 malhas num fio auxiliar (2ª manga), montar 6 malhas, 31 + 1 orla (1/2 costas).
Unir e seguir em circular (eliminar 3 malhas: 1+1 de orla + 1, de modo a ficar só 1 malha central do padrão) = 134 malhas.

Na carreira seguinte aumentar 2 malhas de baixo de cada cava = 138 malhas/ 14 rep do padrão (com as 2 debaixo das cavas com menos 1 malha)
No nó seguinte aumentar 1 malha × 14 repetições = 152 malhas.
Repetir estes aumentos mais 2 vezes deixando 10 nós de intervalo = 180 malhas. Seguir em meia a direito até completar 35 nós após o fim do gráfico.

Seguir com o gráfico 2 uma vez em altura (mais 4 nós) e concluir com 3 nós em mousse. Rematar em meia no loop de trás.

Pegar novamente nas 49 malhas que ficaram de lado para as mangas e fazer 3 nós em mousse. Rematar como se apresentam.

Com a agulha de crochet 2.5 mm, fazer uma carreira de ponto baixo na abertura das costas (1 pt por nó) e no decote (fazer um pt baixo a apanhar cada 2 malhas). Na abertura fazer os leques: pt baixo, *3 pts cadeia, 2 pts altos no mesmo ponto, pt baixo deixando 2 pts de intervalo, repete desde *. No decote terminar com uma carreira de pt caranguejo.

Coser as cavas e aplicar os botões.

Podem encontrar a receita original aqui: pág.1, pág.2, pág.3.

sexta-feira, 16 de junho de 2017

Encanastrado



Para determinar o modelito 2017, comecei por escolher um fio mesclado.
Esta escolha limita o tipo de trabalhado que fica bem e visível, ao ponto de justificar o trabalho.
Optei por usar um ponto que dá uma textura em toda a peça.
Sem mais fanfarras, que o rapaz não costuma gostar de muitas folestrias na maneira de vestir, temos o mimo concluído!
Notem-se os emplastros que insistiram em aparecer na sessão fotográfica... e não é que a melhor foto, foi a que eles apareceram?!

para mais tarde recordar...

material
agulhas 3.5 e 4.5 mm
440 gr. fio meadas mercado mesclado vermelho e cinza (×1)

receita
Tamanho: M/L

Ponto fantasia Basket Weave
mangas
Com agulhas 3.5 mm, montar 58 malhas. Seguir 10 nós em canelado 2/2.
Trocar para agulhas 4.5 mm e seguir com o pt
fantasia com aumentos com 3 nós de intervalo até 88 malhas. Seguir a direito mais 16 nós até cava =73 nós.
Fazer a cava com 5 mates marcados 2, de fora para dentro, com 1 malha de orla = 64 malhas / 11 nós. Rematar.

costas
Com agulhas 3.5 mm, montar 122 malhas. Seguir 10 nós em canelado 2/2.
Trocar para agulhas 4.5 mm e seguir com o pt fantasia 73 nós até cava.
Fazer a cava com 5 mates marcados 2, de fora para dentro, com 1 malha de orla = 98 malhas e depois segue mais 21 nós a direito até ombro = 32 nós cava.
escala mates ombro: (6)×5 - rematar soltinho
escala mates decote: 13, 3, 2, 1

frente
Com agulhas 3.5 mm, montar 122 malhas. Seguir 10 nós em canelado 2/2.
Trocar para agulhas 4.5 mm e seguir com o pt fantasia 73 nós até cava.
Fazer a cava com 5 mates de marcados 2, de fora para dentro, com 1 malha de orla = 98 malhas e depois segue mais 12 nós a direito até decote.
escala mates decote (a 9 nós do ombro): 5, 4, 3, 2, (1)×5
escala mates ombro: (6)×5 - rematar soltinho

colarinho
Com agulhas 3.5 mm, montar 104 malhas. Seguir mais 5 nós em canelado 2/2. Rematar.~




domingo, 11 de junho de 2017

Anas Dancing in the rain

Mais um trabalho feito a pedido para as manas Anas 😉

Sugeri este modelo porque achei piada aos guarda-chuvas.

A principal alteração que fiz ao modelo original foi no capucho que segui directo do corpo para cima e terminei em bico para variar.

para mais tarde recordar...

material
320 [370] gr. / 6.4 [7.4] novelos DMC Creative World Mixto #082
agulhas 4 e 5 mm
6[6]  botões ∅ 2 cm

receita
tamanhos: 4 [7] anos

mangas
Com agulhas 4 mm, montar 40 [46] malhas e seguir 6 nós em canelado 2/2.
Trocar para agulhas 5 mm, seguir em meia com aumentos com 3 nós de intervalo até 56 [60] malhas e depois seguir mais 4 [10] nós a direito até cava = 33 [45] nós.
escala de mates cava: 3, (2, 1, 0)×3, 2, 1, 2, 3, 16 finais = 14 nós
[3, (2, 1, 0)×4, 2, 1, 2, 3, 14 finais = 17 nós]

costas
Com agulhas 4 mm, montar 76 [86] malhas e seguir 5 nós em canelado 2/2.
Trocar para agulhas 5 mm e seguir em meia com a seguinte escala de aumentos/diminuições até à cava:
escala de aumentos: (1,0,0)×2, 2 = 84 malhas / 7 nós
[(1,0,0)×2, 2 = 94 malhas / 7 nós]
escala de mates corpo: {(0)×5, 1}×5, (0)×3= 74 malhas / 33 nós
[{(0)×5, 1}×5, (0)×5= 84 malhas / 35 nós]
escala de mates cava: 4, 3, 2, 1, (0)×16 = 54 malhas / 20 nós [5, 3, 2, (1)×2, (0)×17 = 60 malhas / 22 nós]
escala de mates ombro: (4)×4 [(4)×3, 5]
escala de mates decote: 8, 2, 1 [10, 2, 1]

frentes
Com agulhas 4 mm, montar 38 [43] malhas e seguir 5 nós em canelado 2/2.
Trocar para agulhas 5 mm. Com a escala de aumentos/diminuições até à cava = às costas, seguir em meia 7+14 [7+16] nós de meia . Iniciar o motivo "guarda - chuva" com 5 [7] malhas para a orla central (mais ou menos centrado nas 27 [30] malhas que ficam após mates das cavas e acabar a 5 nós do início da cava). Imediatamente no nó seguinte, iniciar a "chuva" colocando a ponta do "guarda - chuva" alinhado com um espaço entre "gotas". Segue com a "chuva" até ao fim.
escala de mates cava: 4, 3, 2, 1, (0)×16 = 27 malhas / 20 nós  [5, 3, 2, (1)×2, (0)×17 = 30 malhas / 22 nós]
escala de mates ombro: (4)×4 [(4)×3, 5]
Ficam 11 [13] malhas.

capucho
Com agulhas 5 mm, seguir com as 11 [13] (×2 frentes) e montar 30 [32] malhas no decote das costas = 11+30+11= 52 [13+32+13= 58] malhas. Na carreira seguinte, aumentar 5 [0] malhas = 57 [58] malhas. Seguir com (1+1)×10 aumentos, a cada nó alternado, de cada lado das 1 [2] malhas centrais = 77 [78] malhas. Segue 16 [16] nós a direito. Unir meio-meio, cerzindo.

tiras centrais
Com agulhas 4 mm, montar 316 [328] malhas e seguir 3 carreiras em canelado 2/2. Fazer as casas na 4ª carreira do lado direito: 3 malhas, {mate, laçada, 15[16] malhas}× 5[5], mate, laçada, restantes malhas. Completar 4 nós. Rematar.

tiras laterais
Com agulhas 4 mm, montar 20 malhas e seguir 3 nós em canelado 2/2. Rematar

Podem encontrar as explicações originais aqui.

terça-feira, 25 de abril de 2017

Summer Swing


Pediram-me uma camisola, a meu gosto, com a únicas premissas de ser manga curta e ter decote redondo.
Fui à procura de inspiração e deparei-me com um dos últimos modelos da Drops - o Summer Swing. Gostei bastante e já nem procurei mais. Agora só espero que ela goste...
Digam de vossa justiça.

para mais tarde recordar...

material
agulhas circulares 3.5 (decote) e 4 mm
agulha DP 3.5 mm (orlas mangas)
380 gr meadas mercado (×3)

receita
Nota: Comecei com indicações para o tamanho M, não reduzi malhas na passagem do A.1 para o A.2, para diminuir a roda. Segui com indicações para o tamanho L

corpo
Com agulhas circulares 4 mm, montar 336 malhas. Unir tendo o cuidado de não torcer o trabalho.
Tricotar 16 vezes A.1 (= 21 malhas) ao todo. Quando A.1 tiver sido tricotado 1 vez em altura, restam 272. Tricotar 1 carreira em liga.
Tricotar então 8 vezes A.2 (= 34 malhas). Continuar desta maneira diminuindo como indicado nos diagramas. Quando A.2 tiver sido tricotado 1 vez em altura, restam 208 malhas. Tricotar 1 carreira em meia, ajustando, ao mesmo tempo, o número de malhas para 200 (ou seja, diminui-se 8 malhas a intervalos regulares).
Continuar em meia. Quando a peça medir 40 cm (= + 15 nós em meia), tricotar a carreira seguinte da seguinte maneira: Tricotar as 45 primeiras malhas (= ½ costas), rematar as 10 malhas seguintes para a cava, tricotar as 90 malhas seguintes (= frente), rematar as 10 malhas seguintes, tricotar as 45 malhas restantes (= ½ costas). Colocar em espera e tricotar as orlas das mangas.

orla das mangas
Montar 84 malhas com as agulhas DP 3.5 mm. Tricotar A.3 em redondo. Quando A.3 tiver sido tricotado 1 vez em altura, tricotar a carreira seguinte da seguinte maneira: rematar as 10 primeiras malhas (= sob a manga), tricotar as restantes malhas em meia = 74 malhas. Colocar em espera e tricotar a outra orla da manga da mesma maneira.

encaixe
Juntar as orlas das mangas às costas e a frente, ficam = 328 malhas. Colocar 1 marcador a cada transição das mangas com as costas/a frente (= 4 marcadores).
Continuar em meia, diminuindo para fazer cavas raglã do seguinte modo: começando 3 malhas antes do marcador, mate à direita, 2 malhas meia (o marcador está entre estas malhas), mate à esquerda (= 8 diminuições).
Diminuir desta maneira 25 vezes ao todo a cada 2 carreiras = 128 malhas.
Trocar para as agulhas circulares 3.5 mm e tricotar A.3. Na carreira com a flecha no diagrama, diminuir 16 malhas a intervalos regulares = 112 malhas.
Rematar em meia no loop de trás quando A.3 tiver sido tricotado 1 vez em altura.

montagem
Fechar a abertura sob as mangas com uma costura.

Podem encontrar o link para as explicações gratuitas em PT aqui.

sábado, 8 de abril de 2017

Colagem elementar


Este é realmente um trabalho feito à medida e não estou a falar apenas e só de dimensões. Este casaco resulta da colagem de elementos de vários modelos diferentes. Uns a pedido da dona, outros propostos por mim e voilá, uma peça verdadeiramente única!

para mais tarde recordar...

material
agulhas 4 e 5.5 mm
agulhas DP 3.5mm
420 gr. fio Phildar/Charly #lin
2 botões Ø 2.5 cm

receita
tamanho S

mangas
Com agulhas 4 mm e fio auxiliar de cor contrastante, montar 28 malhas para fazer canelado industrial 2/2 (para mais informação ver Glossário Tricot). Passar para o fio do trabalho e seguir 2 carreiras em liga. Na terceira unir à primeira do seguinte modo: 2 liga nas malhas, 2 meia nos arcos da primeira carreira, repetir até ao fim = 56 malhas. Seguir em canelado 2/2 ao longo de 11 nós acima do verdugo da viragem.
Trocar para agulhas  5.5 mm e na primeira carreira (avesso), eliminar cada 4ª malha: 1 liga, *mate, 2 liga, repetir desde * até 1 malha do fim, 1 liga = 42 malhas. Seguir em meia com aumentos com 3 nós de intervalo até 64 malhas e depois mais 4 nós até cava = 45 nós.
Cava raglã com 3 malhas de orla e um mate (de fora para dentro) por carreira até 16 malhas = 24 nós.

costas
Com agulhas 4 mm e fio auxiliar de cor contrastante, montar 56 malhas para fazer canelado industrial 2/2 (para mais informação ver Glossário Tricot). Passar para o fio do trabalho e seguir 2 carreiras em liga. Na terceira unir à primeira (desta vez começando e acabando em 1 liga) = 112 malhas. Seguir em canelado 2/2 ao longo de 11 nós acima do verdugo da viragem.
Trocar para agulhas  5.5 mm e na primeira carreira (avesso), eliminar cada 4ª malha: 2 liga, *mate, 2 liga, repetir desde * até 2 malha do fim, 2 liga = 85 malhas.
Seguir em meia, com as 31 malhas centrais (colocar marcadores ) com o padrão "owl" (gráfico aqui) 45 nós até cava. Nota: o gráfico varia de 31 a 23 malhas.
Cava raglã com 3 malhas de orla e um mate (de fora para dentro) por carreira até ficar malhas centrais + 3 +3 malhas = 24 nós.

frentes
Com agulhas 4 mm e fio auxiliar de cor contrastante, montar 38 malhas para fazer canelado industrial 2/2 como nas costas = 76 malhas. Seguir em canelado 2/2 ao longo de 11 nós acima do verdugo da viragem. Deixar as 28 malhas da orla dos canelados em espera.
A seguir, com as restantes 48 malhas, trocar para agulhas  5.5 mm e na primeira carreira (avesso), eliminar cada 4ª malha: 2 liga, *mate, 2 liga, repetir desde * até 2 malha do fim, 2 liga = 36 malhas. NOTA: numa próxima vez aumentar uma malha na orla do lado do canelado, para costura. Seguir em meia 45 nós até cava. Iniciar decote a par com o início da cava.
escala de mates do decote: (1, 0, 1, 0, 0)×5 (menos 1 nó)
Com agulhas 4 mm, pegar novamente nas 28 malhas que ficaram em espera e seguir 95 nós a direito. Agora fazer voltas falsas para dar o jeito para o pescoço, ou seja, usar carreiras curtas para trabalhar mais vezes as malhas junto da costura e menos as da orla, numa escala de: 23, wrap stitch, virou, 17, wrap stitch, virou, 11, wrap stitch, virou, 5, wrap stitch, virou. Seguir a direito mais 10 nós.
Coser as tiras ao casaco e chegando ao pescoço ver se são necessárias mais ou menos carreiras, corrigir. Unir e cerzir.

bolso ×2
Com agulhas 5.5 mm, montar 8 malhas, tricotar uma carreira e depois fazer os seguintes aumentos (+) e diminuições (-), na (orla direita; orla esquerda):
(+3;+3) = 14 malhas
(+2;+2) = 18 malhas
(+1;+1)×2 = 22 malhas
(+1;+2) = 25 malhas
(+1;0) = 26 malhas
(0;0)×5 = 26 malhas
[(-1;0)+(0;0)]×2 = 24 malhas
(-1;0)×5 = 19 malhas
(-2;0)×3 = 13 malhas
(-3;0) = 10 malhas
(-4;0) = 6 malhas. Rematar
Repetir fazendo espelho, ou seja, o que era orla direita fica esquerda e vice-versa.

asa botão
Aplicar botões entre barra do canelado e o resto do casaco, alinhados com o início do decote. Com agulhas DP 3.5 mm, fazer i-cord com 4 malhas à extensão desejada (23 nós). Aplicar em oito a meio da barra do canelado.


Podem encontrar aqui os links Ravelry dos modelos que inspiraram esta colagem:
- Ginny’s Cardigan by Mari Chiba motivo das costas
- 09 Cotton-Cashmere by Fil Katia canelados da frente
- Mon Drian pullover by Stephanie R. bolsos
- Bly by Amy Christoffers corte e dimensões

domingo, 2 de abril de 2017

# 21 Pulli by Lana Grossa


A história deste projecto não começa muito bem... Uma sra. contactou-me através de um grupo de tricot que pertenço no facebook a perguntar-me se conseguia fazer um casaco que ela tinha só a imagem. Olhei para o modelo, reconheci e disse que sim. Depois de conversas para trás e para diante, comprei o fio, com o ok dela. Quando tentei falar com ela para obter as medidas finais deixei de conseguir falar com ela, passou a não disponível. Ora, tinha um fio preto muito grosso nas mãos, dois atributos que normalmente não assistem aos fios que uso e um bocadito de irritação com a a tal da "sra." à mistura.
Para o salvamento vieram as minhas amigas 😍! Começaram logo a surgir ideias de projectos, uma delas em concreto disse logo, fazes uma camisola para mim!
Ela deu-me umas indicações para o que queria e depois de saltarmos entre algumas ideias ficamos pelo # 21 Pulli by Lana Grossa, do qual só tinha a imagem e, por isso, a camisola foi feita assim a olhómetro 😎!
Começámos com uma situação que me tirou alguma fé na honestidade dos outros, que passou a mais uma prova que os amigos são para as ocasiões!

para mais tarde recordar...

material
1.025 kg. (11 novelos) Veleta/Caricia #585 preto
agulhas DP 8 e 10 mm
agulhas circulares 8 e 10 mm
agulha de crochet 8 mm

receita

mangas
Com agulhas DP 8 mm, montar 24 malhas e fazer 1 carreira em liga.
Unir tendo o cuidado de não torcer e seguir 5 nós em meia e fazer 1 carreira em liga.
Trocar para agulhas DP 10 mm e seguir em meia com aumentos (com laçadas uma malha depois do início da carreira e uma malha antes do fim da carreira) com 2 nós de intervalo (5 carreiras), até 34 malhas / 31 carreiras meia. Colocar em espera.

corpo
Com agulhas 8 mm, montar 108 malhas e fazer 1 carreira em liga.
Unir tendo o cuidado de não torcer e seguir 5 nós em meia e fazer 1 carreira em liga.
Trocar para agulhas 10 mm e seguir em meia com aumentos (laçadas) nó sim, nó não (3 carreiras de intervalo), de cada lado das 12 malhas centrais (frente e costas). Durante as primeiras 3 sequências de aumentos fazer igualmente mates alinhados nas laterais, de modo a que a peça siga a direito um bocado. Seguir depois sem mates um total de 39 carreiras acima da carreira de liga e com 10 sequências de aumentos - mais 7×4 malhas = 136 malhas. Separar frentes e costas.

costas = frente
Seguir com 68 malhas (metade das malhas) com os aumentos como antes, 23 carreiras até ficar 34+12+34 malhas. Ficam paradas as 12 malhas centrais (decote). Trabalhar cada um dos ombros, com os mates em vez de remate, com voltas curtas,
escala mates ombro: (7)×4, 6
Cerzir os ombros, tendo o cuidado de apanhar wraps das voltas curtas nas 2 passagens do fio.

decote
Com agulhas 8 mm, montar/fazer as malhas à volta do decote =50 malhas. Fazer uma carreira em liga, 5 em meia e mais uma em liga. Rematar solto, fazendo 2 malhas juntas no loop de trás.

Como a base do corpo estava a enrolar, acrescentei 1 carreira de ponto baixo com laçada para minimizar o efeito.

terça-feira, 21 de março de 2017

Vestido meio-meio


Este foi um projecto em colaboração com a minha mãe: eu tratei do crochet e ela da costura.
Apesar de ser para uma menina de 2 anos, fiz já com dimensões para 4 anos, para dar mais rendimento 😜

A inspiração foi o granny square fabric dress de Mon Petit Violon, do qual podem encontrar as explicações gratuitas no Ravelry (link aqui).
Modificações:

  1. cava arredondada em vez de corte a direito
  2. com decote redondo em vez de barco
  3. aberto nas costas e com leques para fazer as casas em vez de abotoar nos ombros



para mais tarde recordar...

material
agulhas crochet 4.5 mm + 3 mm para as carreiras de remate e uniões
65 gr. meadas mercado algodão (×2)
retalho de pano
4 botões

receita
Seguir a a receita para fazer 7 squares, unir com ponto cadeia, a formar uma tira. Nota: o double crochet é o tirado por 2 vezes, ou seja, o que eu chamo de meio ponto alto.
Fazer uma carreira de meios pontos altos à volta dos squares, com os cantos da tira com 5 pontos.
Colocar marcador a definir a divisão entre frentes e as 2 metades das costas, deixando um espaço correspondente ao cruzamento nas costas para as casas e botões que se acrescentará depois.
Seguir com meios pontos altos cada uma das partes fazendo 3 escalas de diminuições de 3 pontos juntos para as cavas.
Para as metades das costas, seguir a direito mais 5 carreiras até completar 8 desde inicio da cava. Para o ombro fazer uma carreira com a 2 trebles (2 laçadas e tirar por 3 vezes), 2 meios pontos altos, 2 pontos baixos com laçada e 2 pontos baixo (contar do decote para a cava, ajustar ordem conforme se comece), 8 pontos de cada lado.
Para as frentes, seguir a direito mais 2 e depois só seguir 8 pontos de cada lado, correspondentes ao ombro, mais 3 carreiras até completar 8 desde início da cava. Para o ombro fazer uma carreira com a 2 trebles (2 laçadas e tirar por 3 vezes), 2 meios pontos altos, 2 pontos baixos com laçada e 2 pontos baixo (contar do decote para a cava, ajustar ordem conforme se comece).
Unir os ombros com ponto cadeia. Rematar fazendo uma carreira de ponto baixo a toda a volta do trabalho (decote, meio das costas e base). Fazer também uma carreira de ponto baixo à volta das cavas.
No intervalo das costas, nas 2 metades, fazer uma carreira de leques, pt baixo, salta 2, no terceiro 6 meios pontos altos, salta 2, no terceiro pt baixo.
Aplicar a saia:
Fazer uma costura nas costas, deixando 3 a 4 cm no topo sem coser. Franzir ajustando à dimensão da base do crochet e aplicar.
Fazer a bainha à altura pretendida.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...